*Educação Infantil*Um trabalho apaixonante…

ESCOLA DE EDUC. INFANTIL ” MARIA MONTESSORI”R: Serra de jairé, 1465 Fone: (11) 2268. 4931 // 3455.0925 //// 3562.1741 email: montessoritania@gmail.com ( 27 anos de experiência!!)

13/3/07

Dicas para professores iniciantes

Prepare-se

Às vésperas da primeira aula, um professor pode ter algumas reações desagradáveis, como ansiedade e medo. O novo professor também pode acreditar que é tímido, e ter dúvidas quanto ao seu desempenho em sala. Não creio que isso possa ser considerado "normal", mas são reações freqüentes.  Inclua uma preparação no caminho entre o agora e o momento das aulas e você vai perceber que as emoções vão se modificando à medida que você vai se preparando. Isto vale, é claro, se você pretende se preparar o necessário para o que vai fazer.

Minhas sugestões para essa preparação:

1) Planeje bem as aulas
Faça um planejamento detalhado do que vai fazer, em conteúdo e estrutura, o que vai por no quadro, o que vai dizer. Improviso é para quando você estiver mais maduro e mais à vontade. 
Você pode usar também mapas mentais, seja para planejar, seja para apresentar o conteúdo para os alunos, seja para estes estudarem.  Se você os usar bem, já estará se diferenciando dos outros professores, para melhor.
É bom que você tenha experiência significativa com o conteúdo, aí pode se concentrar na parte didática. Se não tem, sugiro que a adquira rapidamente ou lecione outra matéria. Nada pior do que um professor teórico, que acaba investindo a maior parte do tempo em seu próprio aprendizado e não no aperfeiçoamento do planejamento, da comunicação e outros aspectos do ensino.
Lembre-se de que todos nós gostamos de variação e não gostamos de monotonia. Varie as estratégias de ensino, faça os alunos se mexerem de vez em quando, faça perguntas, faça-os trabalhar em dupla ou em grupo. Se estiverem inquietos, dê 2 minutos para fazerem o que quiserem. De vez em quando, certifique-se de que estão acompanhando; conforme o caso, um conceito perdido compromete o restante da aula. Dirija-se a um aluno específico; alguns alunos nunca abrem a boca por iniciativa própria, talvez por medos como gozações de colegas ou "pagar mico".
E faça o possível para dar plantões ou ter plantonistas para atendimento individual, os alunos aprendem muito melhor com as respostas às suas próprias perguntas.

2) Ensaie
Dê a aula antes, para ninguém, para o espelho ou para um conhecido. Se com este, peça para ele criticar e lhe indicar as oportunidades de melhoria. Grave-se ou filme-se dando aulas e depois escute ou veja procurando oportunidades de melhoria (faça isso antes que a realidade lhe mostre). Procure variar o tom de voz, é mais difícil prestar atenção a uma voz monótona. Repita e/ou enfatize com a voz algumas passagens mais importantes.

3) Prepare-se emocionalmente
Emoções geralmente contém uma mensagem. Inteligência Emocional tem uma matéria sobre como lidar produtivamente com medos: Medo, seu aliado para o sucesso. Pratique-a algumas vezes que depois você acaba fazendo-a automaticamente, e terá uma boa ferramenta para o resto da vida.

4) Ajuste as expectativas
Cuidado com a auto-expectativa irreal de que você tem que saber tudo e responder a tudo. Já vi um professor contar que disfarçava seu não-saber indicando ao aluno o exercício de buscar a resposta. Você tem que saber o conteúdo e mais um pouco. Quando me perguntavam coisas que eu não sabia, fora da matéria, eu simplesmente dizia que não sabia. Se achasse importante, podia até procurar, mas não era a regra. Um aluno uma vez até disse me admirar por isso!
O que lhe dá credibilidade, talvez a mais importante característica de um professor, não é saber tudo, porque isso não é possível, mas sim dizer o que é, quando sabe, dizer que acha que é, quando não tem certeza, e dizer que não sabe, quando realmente não sabe. Isso é que o torna confiável.

5) Segure as rédeas da turma
Um ponto essencial em classe é você reconhecer e saber que você é a autoridade. Os alunos testam os limites para saber como se portar e usam o que acontece como referência para o que vão fazer. Se alguém conversar alto e você não fizer nada, abre caminho para que aconteça de novo. E se você disser que vai mandar alguém embora se atrapalhar e o fizer duas ou três vezes, vai ter um padrão que permite aos alunos prever o que vai acontecer, e aí não vai precisar mandar ninguém embora. O importante aqui é você ter bem claro para si mesmo o que quer e saber que é o responsável por fazer isso acontecer.
Por outro lado, é importante preservar um bom e amigável e relacionamento com os alunos, senão te "fritam" e você não consegue alcançar o objetivo. Assim, um dos objetivos iniciais é construir um bom relacionamento com a turma e com os alunos, o que vai lhe permitir depois chamar a atenção deles sem que eles achem que você os odeia . Para isso, procure os lados bons de cada um: um é estudioso, o outro é cordial e respeitoso, todos têm qualidades, e você é que tem que percebê-las. Se tiver que fazer algo drástico, como mandar alguém embora, faça-o na boa, sem "matar" o relacionamento com ninguém. O que você diz é secundário; a maneira como o diz é muito mais significativa.
Nosso papel em sala é análogo ao de uma boa enfermeira, que não liga se o doente é chato ou não, ela tem uma missão e precisa fazer o que é preciso para cumpri-la, e precisa então relevar, ignorar e esquecer as coisas que a tiram do foco e não contribuem para os objetivos.

6) Coloque-se no lugar do aluno
Um exercício muito bom que você pode fazer é, estando relaxado, visualizar-se sentado numa das carteiras, na posição de aluno. Experimente e descubra as vantagens.  lê a matéria, monta o quadro na mente e se coloca na posição de um aluno para verificar se está bom.
Outra coisa boa é lembrar-se de suas próprias experiências como aluno, como o que gostava nos professores e como se relacionava com eles, o que sentia, como se motivava, influência dos colegas. .

7) Tímido, eu?
E se você acredita que é tímido, permita-me não acreditar nisso, garanto que tem situações em que você não age timidamente. É uma situação nova e requer preparação, e uma vez preparado o suficiente, você vai se sentir mais confiante e com vontade, sabendo que vai fazer um bom trabalho ou pelo menos que fez o seu melhor para isso, e vai continuar melhorando na medida de sua dedicação. Para isso você só precisa de foco: durante um tempo, priorizar a nova atividade e dedicar todo o tempo possível. É querer de verdade fazer o melhor possível. Depois é mais tranquilo.

8) Melhore-se
Para o futuro, mantenha ao lado, leia e procure aplicar as idéias de livros de didática.
Ponha na cabeça e no coração que haverá sempre algo a mais para se aprender, seja com livros, com colegas, consigo mesmo, com o coordenador ou com feedbacks de alunos. Descobrir que não sabe algo é um avanço, lembre-se disso. E, como disse o Millôr, "Aula em que o professor não aprende nada é uma aula inútil".

Em síntese 
Vvai acontecer, e você precisa se preparar para isso. A certeza de que vai acontecer, junto com a vontade de fazer bem-feito, é que mobilizam seus recursos e suas capacidades, é que fazem com que você dedique 5 minutos a mais. O resto é decidir como será feito e aprender com a experiência ao invés de lamentá-la. E não se iluda: você vai se enriquecer devagar, um passo de cada vez.

"Quanto mais eu trabalho, mais sorte eu tenho!"

Boa sorte!

Prof:  Tânia juliani

     

criado por montessoritania    08:44:54 — Arquivado em: Sem categoria

110 Comentários »

  1. Achei muito interessante o texto, pois acrescentou dicas para o meu futuro como educadora.
    Os três pontos significativos foram:
    1- Preparar a aula para saber o que falar;
    2- preparar-se psicologicamente para nova função;
    3- se impôr como professor com autoridade e ao mesmo tempo manter o bom relacionamento com o aluno.
    Eu acrescentaria, quando ela diz que o professor não precisa saber tudo, que ele não deve ter vergonha de dizer “não sei” e incentivar os alunos junto com ele a pesquisar a resposta para aquela questão.

    Comentário por Rachel Navarro Blasques — quarta-feira, 14 de março de 2007 @ 00:10:05

  2. Achei as dicas muito interessantes e posso confirmar que todas são verdadeiras. Mesmo aquele medo do início das atividades que a autora diz não considerar ser normal, mas que sempre acontece, ao meu ver é bem normal, pois denota a importância que o profissional dá àquela etapa e trabalho que está começando.

    Comentário por Professor Márcio Luiz O. A. Quedinho — quarta-feira, 14 de março de 2007 @ 10:15:25

  3. Com toda certeza este texto foi muito importante para mim, pois me fez parar e refletir em coisas simples, mas essenciais; pontos que me ajudarão, no futuro, a ser uma boa educadora.
    Cada ponto me chamou atenção de manera diferente, mas um me fez parar para pensar muito. Foi o número 5: segure as rédeas da turma. Ele explicita muito bem o jogo de cintura que o professor deve ter à frente de uma turma. Ele precisa ser firme para demonstrar sua autoridade, ao mesmo tempo que precisa ser alguém capaz de se relacionar bem com o aluno.
    Acrescento um ponto quando se diz da necessidade de se criar um bom e amigável relacionamento com o aluno. Creio que um dos fatores que mais favorecem um bom relacionamento é o se importar com o aluno, pois faz com que ele perceba que não mais um no meu de tantos, mas sim que é tão importante quanto todos os alunos presentes.

    Comentário por Érica da Silva Carneiro — quarta-feira, 14 de março de 2007 @ 16:42:32

  4. Sou iniciante, e este texto me mostrou que coisas simples como planejar a aula antes da aplicação, podem levar você ao caminho do sucesso. A dica que a professora Tania mencionou que eu achei mais importante, é o relacionamento com o aluno, tenho minhas próprias experiências de que a sala de aula fica “fria” quando o professor não sabe nem o nome do aluno, quanto mais como é a sua vida. Acredito que saber com quem você está trabalhando é um sinal de respeito com o que você escolheu para exercer.

    Comentário por Viviane de Paiva Junqueira — quarta-feira, 14 de março de 2007 @ 21:04:34

  5. Gostei muito da dicas e tenho certeza que será muita oportuna, principalmente, para iniciantes como eu. A dica que fala sobre a empatia, se colocar no lugar do aluno me chamou mais a atenção, pois através disso poderemos nos preparar como nos diz as demais dicas. Um relacionamento respeitoso entre professor e aluno permitirá o equilibrio entre afeto e cuidado, entre humanização e troca de conhecimentos e proporcionará ao aluno ter um parceiro no processo de aprendizagem e não um autoritário dono do conhecimento ou alguém que não se importa e cumpre somente uma função. A Professora Tânia foi bastante feliz quando diz que devemos ser sinceros e dizer quando não sabemos. Respeito e Sinceridade se tornão chaves para o desenvolvimento de um bom trabalho na Educação.

    Comentário por Daniela Lira — quinta-feira, 15 de março de 2007 @ 15:36:44

  6. As dicas passadas pela professora Tânia são de suma importância para os professores sejam eles iniciantes, ou não.
    Uma aula bem planejada, o domínio do assunto a ser ensinado acrescido de uma relação amigável entre professor e aluno, somado a uma postura de humildade de nem tudo saber pelo educador, é uma receita perfeita para o sucesso daquele que abraça essa profissão com amor.

    Comentário por DIVA RODRIGUES CORDEIRO — quinta-feira, 15 de março de 2007 @ 16:17:17

  7. As dicas da professora Tânia são bastante simples, e por isso mesmo muito importantes. Ela vai direto aos problemas comuns para qualquer professor iniciante, sem fazer rodeios, trazendo mais segurança para nós iniciantes na profissão.

    Comentário por Luiz Armando Cosenza — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 08:53:39

  8. Achei o texto muito útil para a minha iniciação como professora, pois são itens claros e básicos para a vida de qualquer professor. Como sou formada em Educação Física, pra mim o item mais importante é o 5. Por ue na quadra as crianças se sentem mais livres e é mais dificil contê-las para o objetivo proposto. Porém, os itens 1 de planejamento e o 3 que é a preparação emocional, com certeza devem ser aliados para minimizar as dificuldades em segurar as rédeas.

    Comentário por Daniela Gasparello Clemente — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 09:47:28

  9. Achei o artigo muito interessante; pois demonstra claramente o que um professor iniciante sente ao começar sua carreira profissional.
    Eu concordo com tudo que a professora falou: as aulas devem ser bem planejadas; não devemos ter vergonha de dizer ao aluno que não sabemos algo e que podemos pesquisar; treinar antes de aplicar as aulas; saber manter a liberdade de forma controlada; colocar-se sempre no lugar de aluno ; dismistificar a imagem de que o professor é o dono do saber, podendo sempre aprender a cada dia com seus discentes.

    Comentário por fatima rifai — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 10:55:54

  10. Gostei muito das dicas passada pela professora Tânia. As idéias são simples, mas para iniciantes como eu, são de total importância, apesar de que as disciplinas já cursadas na Licenciatura me mostraram muitos desses pontos que a professora tocou. O planejamento da aula é o começo de tudo. Acredito que se preparar emocionalmente e dar aulas experimentais para alguns conhecidos auxiliam em relação á timidez. O relacionamento com os alunos deve ser amigável, mas sem perder as rédeas. Gostei da observação sobre a boa enfermeira que tem uma missão e que é preciso cumpri-la, não levando em consideração as coisas que tiram o foco.

    Comentário por Samantha Perez Timoteo — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 11:17:45

  11. Não há dúvidas de que eu me lembrarei dessas dicas quando começar a lecionar. Desde a preparação das aulas até o relacionamento com o aluno foram tratados no texto de maneira bem sucinta. É exatamente como eu espero que ajam os meus professores (em relação a mim) e como eu espero ser daqui algum tempo com meus alunos.
    A dica número 4 fala da confiança que precisa existir na relação aluno-professor e isso é algo em que realmente acredito. Os alunos precisarão acreditar no que eu digo para que se envolvam com as aulas numa relação de confiança e respeito.

    Comentário por Mariana Miwa Gondo — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 12:25:55

  12. Todas as dicas dadas pela Profa. Tânia são de estrema importância não só para professores iniciantes, mas também para aqueles que queiram rever alguns conceitos sobre sua maneira de se relacionar com os alunos. Apenas gostaria de acrescentar algo que venho aprendendo com meua alunos no CAAM: o planejamento das aulas é importante, sim. Mas, antes de tudo, no início do período letivo, por exemplo, é fundamental conhecer os alunos, suas necessidades e anseios. E é aí que entra, mais uma vez, a relação com os alunos, suas histórias de vida e suas dificuldades, principalmente no trabalho com EJA. Além disso, quando a relação entre aluno e professor é positiva, o trabalho flui muito mais naturalmente e existe respeito mútuo.

    Comentário por Profa. Ana Paula Pichinin — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 13:10:21

  13. Samantha Perez Timoteo

    Gostei muito das dicas passadas pela professora Tânia. As idéias são simples, mas para iniciantes como eu, são de total importância, apesar de que as disciplinas já cursadas na Licenciatura, no caso estou estudando as duas última, me mostraram muitos desses pontos que a professora tocou. O planejamento da aula é o começo de tudo. Acredito que se preparar emocionalmente e dar aulas experimentais para alguns conhecidos auxiliam em relação á timidez. O relacionamento com os alunos deve ser amigável, mas sem perder as rédeas. Gostei da observação sobre a boa enfermeira.

    Comentário por Samantha Perez Timoteo — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 13:54:23

  14. Gostei muito das dicas da prof,fiquei muito feliz ao perceber que medos duvidas tambem fazer parte da vida do professor,saber que devemos estar abertos para aprender sempre e que devemos mostrar nossa autoridade em sala de aula ao mesmo tempo em que temos uma relação de respeito e confiança com os alunos,e que desde ja devo me preparar para o que esta por vir ,começar a treinar aulas com pessoas proximas para me aperfeissoar como professor,obrigada pelas dicas estou me sentindo mais segura com estas pequenas esplicações um grande abraço e minhas saudações

    Comentário por Silvia correia da costa — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 15:24:57

  15. Gostei muito das dicas da prof,fiquei muito feliz ao perceber que medos duvidas tambem fazer parte da vida do professor,saber que devemos estar abertos para aprender sempre e que devemos mostrar nossa autoridade em sala de aula ao mesmo tempo em que temos uma relação de respeito e confiança com os alunos,e que desde ja devo me preparar para o que esta por vir ,começar a treinar aulas com pessoas proximas para me aperfeissoar como professor,obrigada pelas dicas estou me sentindo mais segura com estas pequenas esplicações um grande abraço e minhas saudações

    Comentário por Silvia correia da costa — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 15:28:35

  16. Gostei muito das dicas da prof,fiquei muito feliz ao perceber que medos duvidas tambem fazer parte da vida do professor,saber que devemos estar abertos para aprender sempre e que devemos mostrar nossa autoridade em sala de aula ao mesmo tempo em que temos uma relação de respeito e confiança com os alunos,e que desde ja devo me preparar para o que esta por vir ,começar a treinar aulas com pessoas proximas para me aperfeissoar como professor,obrigada pelas dicas estou me sentindo mais segura com estas pequenas esplicações um grande abraço e minhas saudações

    Comentário por Silvia correia da costa — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 15:28:46

  17. Gostei muito das dicas da prof,fiquei muito feliz ao perceber que medos duvidas tambem fazer parte da vida do professor,saber que devemos estar abertos para aprender sempre e que devemos mostrar nossa autoridade em sala de aula ao mesmo tempo em que temos uma relação de respeito e confiança com os alunos,e que desde ja devo me preparar para o que esta por vir ,começar a treinar aulas com pessoas proximas para me aperfeissoar como professor,obrigada pelas dicas estou me sentindo mais segura com estas pequenas esplicações um grande abraço e minhas saudações

    Comentário por Silvia correia da costa — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 15:28:46

  18. Gostei muito das dicas da prof,fiquei muito feliz ao perceber que medos duvidas tambem fazer parte da vida do professor,saber que devemos estar abertos para aprender sempre e que devemos mostrar nossa autoridade em sala de aula ao mesmo tempo em que temos uma relação de respeito e confiança com os alunos,e que desde ja devo me preparar para o que esta por vir ,começar a treinar aulas com pessoas proximas para me aperfeissoar como professor,obrigada pelas dicas estou me sentindo mais segura com estas pequenas esplicações um grande abraço e minhas saudações

    Comentário por Silvia correia da costa — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 15:28:49

  19. Gostei muito das dicas, porque reforça bastante as dúvidas existentes da atuação do Profº na escola, como por exemplo, a importância do planejamento anteciapado antes de lecionar uma aula, como se preparar emocionalmente e psicologicamente para lidar com o inexperado e a conduta do Profº com o aluno.

    Comentário por Misael Ribeiro R.A 200307261 / Licenciatura — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 18:03:25

  20. As dicas transmitidas pela Profª. Tânia juliani são de extrema importância para nós professores iniciantes que ainda não temos a experiência solidificada de como conduzir uma aula ou controlar nossos futuros alunos, para que assim possamos nos satisfazer da arte de ensinar e aprender de forma reciproca, tais dicas são necessárias para uma breve preparação psiquica e estrutural.

    Comentário por João Avelino de Mariz Filho — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 18:17:34

  21. A segurança para dar aula você adquiri a partir do momento que você está seguro do seu conhecimento. Lecionar é um eterno aprendizado, quanto mais se leciona, mais seguro vc se sente, e mais se aprende. Não concordo qdo ela cita que o prof. é a autoridade. O prof. deve conquistar o respeito de seus alunos através de regras que devem ser seguidas, e não através do autoritarismo que levará ao medo, pois não queremos alunos medrosos, e sim, alunos corajosos para exporem suas idéias de forma livre sem medo de serem criticados ou ridícularizados.

    Comentário por profa. Kelly Regina de Abreu Foganholo — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 18:35:46

  22. Concordo com a importância do planejamento para o bom desempenho das aulas, pois o professor poderá se dedicar à didática. O segredo é inovar o ato de lecionar, pesquisar e não esquecer a importância da autoridade no ambiente escolar.

    Comentário por Elaine Aparecida dos Santos — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 21:11:37

  23. Concordo com a importância do planejamento para o bom desempenho das aulas, pois o professor poderá se dedicar à didática. O segredo é inovar o ato de lecionar, pesquisar e não esquecer a importância da autoridade no ambiente escolar.

    Comentário por Elaine Aparecida dos Santos — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 21:11:50

  24. Achei maravilhosa a idéia da Prof Tânia Júlia em auxiliar, com o seu blog, a nós aspiramos em ser profissionais da área de educação. Saber a importância do planejamento, conseguir inovar e melhorar as aulas e saber conquistar sua autoridade sem ser autoritario é muito importante.

    Comentário por Priscylla Futemma — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 21:14:13

  25. São dicas essênciais para professores iniciantes e até para quem já leciona. Com bom planejamento e fazer o que mais gosta com humildade toda aula será uma boa aula. Ser professor não é simplesmente passar o conteúdo e pronto é fazer com que o aluno busque seu conhecimento, seu interesse pelo estudo e pela pesquisa da maneira mais agradável. Por isso o professor deve sempre se atualizar não parar de estudar para melhorar cada vez mais.

    Comentário por Eduardo Yoshimi Hatadani (licenciatura quinta-feira) — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 22:02:07

  26. Professora Tânia, vejo a grande experiência de vida que têns diante de tantas dica objetivas,que servirão para o meu cotidiano no futuro como Educadora. Achei interessante o título de sua dicas, “Prepara-se” algo real e provocador na vida de um educador/a, esse estar continuamente se preparando ou seja a cada aula é necessário prepara-se bem para dar o melhor de si, utilizando seus dons e suas capacidades. Gostei muito do item 4, quando cabe ao educador ser sincero consigo e com os seus alunos, numa atitude humilde de colocar-se como um professor aprendiz, que ao ensinar deixa claro que não é o dono do conhecimento e sim um peregrino do conhecimento.
    Sou grata pelas suas dicas. Parabéns e Boa Sorte em seus propósitos.

    Comentário por Paula Cristina Barreto de Moura — sexta-feira, 16 de março de 2007 @ 23:56:21

  27. Oi Profª. Tânia

    Primeiramente gostaria de te agradecer pelas dicas, não são todas as pessoas que tem essa oportunidade de ter alguém para incentivar, me sinto privilegiada.
    Adorei as dicas, e me identifiquei um pouco. Também penso que temos que nos tornar amigos dos nossos alunos, afinal, será um ano inteiro de convivência e temos que envolver a aula em um ambiente agradável, mas não podemos perder o respeito, temos que nos impor como autoridade para não virar bagunça.
    Vou confessar que tenho medo do primeiro dia, se vão gostar de mim, do meu comportamento diante do novo, mas é isso que eu escolhi e vou conseguir. Obrigada pela preocupação e pelo incentivo, mesmo não sendo nossa professora já nos da um grande apoio.

    Boa sorte

    Elen L Rodrigues
    Pedagogia 1APGN - Profª. Dinéia Hypolitto

    Comentário por Elen de Lucas Rodrigues — sábado, 17 de março de 2007 @ 00:25:47

  28. Muito obrigado pelas dicas, creio que são de suma importância para nós que estamos começando na Docência.
    O que mais me intimida é o tópico 5) Segurar as Rédeas da turma… gostaria de saber o que vc sugere em caso de “brigas” entre os alunos.
    Obrigado

    Comentário por Flavio Arão da Silva Júnior — sábado, 17 de março de 2007 @ 01:02:12

  29. Olá Prfª Tânia. Essas dicas não são só para professores iniciantes e sim para quem já ministra aula a algum tempo.
    Na minha opinião, hoje em dia, o professor além de dominar o seu conteúdo ele deve ter um bom relacionamento com alunos; os alunos devem saber que eles também são importante na vida de um professor e não só o contrário; pois hoje muitas crianças sentem falta de atenção e de um sentimento de afeto que não encontram no ambiente familiar.

    Comentário por Rodrigo Moratti — sábado, 17 de março de 2007 @ 10:45:54

  30. Olá Prof. Tania, gostei muito do seu blog e especialmente dessas dicas para professores iniciantes. Estou começando a dar aulas e essas dicas me ajudaram bastante, por exemplo a questão de se preparar, isso realmente é muito importante. Obrigada ! dicas verdadeiras e validas.

    Comentário por Ena Lícia Varjão — sábado, 17 de março de 2007 @ 11:05:17

  31. Acredito ser de muita valia essas dicas que a professora Tânia se propôs a dividir conosco, como eu nunca lecionei e não tinha nenhuma noção de como fazê-lo, essas dicas já me passaram uma idéia de organização, planejamento e estrutura em sala de aula.
    Obrigada.

    Andréia Ramos
    Pedagogia - 1APGN

    Comentário por Andréia Ramos — sábado, 17 de março de 2007 @ 13:12:38

  32. Olá, Professora
    Gostei muito das suas dicas que vão ser muito úteis para mim que comecei a dar aula agora na educação infantil. Apesar de pouco tempo que tenho de experiencia me indentifiquei com várias partes do texto. Acredito que isso aconteça com todos os professores.
    Obrigada pelas dicas.

    Comentário por Keli Cristina — sábado, 17 de março de 2007 @ 13:51:19

  33. Achei muito interessante todas essas dicas que a professora está nos passando, e fico muito grata por estar dividindo tudo o que já passou conosco e por nos orientar para que não fiquemos sem saber o que fazer nos primeiros anos em que vamos lecionar. Todas as dicas são muito importantes e concerteza vou levá-las comigo para quando for a minha vez.
    Muito obrigado pelas dicas e parábens pela a dedicação de se preocupar com todos esses professores iniciantes.

    Comentário por Bruna Aparecida Gomez Nitri — sábado, 17 de março de 2007 @ 14:07:40

  34. Olá Profª Tânia.
    Amei realmente todas essas dicas! Principalmente eu que nunca deu aula. Para mim é muito importante saber como um professor deve se preparar e se organizar. Só aprenderei com o ensaio, com o planejamento, com a minha força de vontade, e com o meu desempenho durante o curso de pedagogia. Fazendo com muito amor e carinho pesquisas onde eu aprimorie os meus conhecimentos e assim ensinando cada vez melhor aos alunos.
    Espero que todas essas dicas eu as coloque em prática quando tornar-me uma educadora!
    Muito obrigada!

    Renata da Silva Ferreira
    Pedagogia - 1APGN

    Comentário por Renata da Silva Ferreira — sábado, 17 de março de 2007 @ 15:26:39

  35. Professora Tânia, seu texto contêm informações de grande valia para auxiliar na preparação de um professor iniciante, na verdade de um “bom” professor iniciante. A identificação com o texto foi imediata, todas as sugestões serão utilizadas, uma vez que ainda não leciono. Dessa forma, parabéns pelos artigos e trabalhos e pela dedicação ao ensino.

    Comentário por RAFAEL CAPRIOLI GUTIERREZ — sábado, 17 de março de 2007 @ 15:37:02

  36. achei as dicas boas, realmente elas podem vir a ser útil, principalmente a de número seis (6)…sorte a todos nós…

    Comentário por Marco Fernando Garcia de Meneses — sábado, 17 de março de 2007 @ 18:30:23

  37. achei as dicas boas, realmente elas podem vir a ser útil, principalmente a de número seis (6)…sorte a todos nós…

    Comentário por Marco Fernando Garcia de Meneses — sábado, 17 de março de 2007 @ 18:35:06

  38. Gostei muito dessas oito dicas e já prático algumas, como por exemplo: quando tenho prova só consigo estudar fingindo que sou professora. Minha mãe disse que pareço doida falando sozinha, mas é o que funciona para mim. Medo? Não vou mentir, pois ainda tenho, mas o tempo e a dedicação me farão ser uma profissional capacitada.
    Muito obrigada

    Comentário por Andréia Sena de Oliveira 1apgn — sábado, 17 de março de 2007 @ 20:05:23

  39. Gostei muito dessas oito dicas e já prático algumas, como por exemplo: quando tenho prova só consigo estudar fingindo que sou professora. Minha mãe disse que pareço doida falando sozinha, mas é o que funciona para mim. Medo? Não vou mentir, pois ainda tenho, mas o tempo e a dedicação me farão ser uma profissional capacitada.
    Muito obrigada

    Comentário por Andréia Sena de Oliveira 1apgn — sábado, 17 de março de 2007 @ 20:43:55

  40. Todas essas dicas são de extrema importância para todos os professores, e não somente o professor iniciante, pois, a cada ano, a cada sementre, mudamos de alunos e aplicamos novamente essas dicas. O professor tem que auto-avaliar diariamente para que tenha certeza de que está fazendo o melhor e transmitindo sua mensagem com sucesso.

    Comentário por Profª Débora Quaglieri Rodrigues — domingo, 18 de março de 2007 @ 09:47:47

  41. Todas essas dicas são de extrema importância para todos os professores, e não somente o professor iniciante, pois, a cada ano, a cada sementre, mudamos de alunos e aplicamos novamente essas dicas. O professor tem que se auto-avaliar diariamente para que tenha certeza de que está fazendo o melhor e transmitindo sua mensagem com sucesso.

    Comentário por Profª Débora Quaglieri Rodrigues — domingo, 18 de março de 2007 @ 09:50:06

  42. bom em em primeiro lugar gostaria de agradecer por essas 8 dicas e muito importante que pessos como vc nos mostre como lidar com situaçoes que iremos enfrentar no dia dia. Gostei muito das dicas e sei que vou me lembrar de tudo isso quando começar a dar aula.
    muito obrigada!
    tatiane ribeiro
    pedagogia 1apgn-Dineia hypolito

    Comentário por tatiane ribeiro — domingo, 18 de março de 2007 @ 10:46:35

  43. A iniciativa da Profa. Tânia de compartilhar suas experiências, auxiliará, certamente, muitos professores iniciantes a lidar com as inseguranças e expectativas de suas primeiras aulas. Algumas dicas serão válidas por toda a nossa carreira acadêmica, pois, por maior que seja a experiência, os alunos mudam e, por conseqüência, mudam os anseios, as necessidades e o nosso desempenho deve se adaptar a cada grupo. Obrigada!

    Comentário por Cristiane Macedo Roseiro — domingo, 18 de março de 2007 @ 11:26:58

  44. A iniciativa da Profa. Tânia de compartilhar suas experiências, auxiliará, certamente, muitos professores iniciantes a lidar com as inseguranças e expectativas de suas primeiras aulas. Algumas dicas serão válidas por toda a nossa carreira acadêmica, pois, por maior que seja a experiência, os alunos mudam e, por conseqüência, mudam os anseios, as necessidades e o nosso desempenho deve se adaptar a cada grupo. Obrigada!

    Comentário por Cristiane Macedo Roseiro — domingo, 18 de março de 2007 @ 11:27:49

  45. Professora Tânia, suas dicas foram para mim um estímulo. Quando se trabalho com crianças o professor deve estar bem preparado, dominar o assunto, a didática é fundamental, ensaiar antes como, por exemplo, gravar a aula com filmadora ou mesma a própria voz no gravador foi a dica que eu mais gostei, coloquei hoje em prática.
    Dominar emoções, lidar com elas não trazer para o contexto é importante, a humildade de dizer que não sei, quando se é questionado, professor é um ser humano, como qualquer outro, ele só está uns anos à frente de seus alunos. Para mim, é inquestionável a autoridade do professor dentro da sala de aula, ganhar a confiança e o respeito, mão dupla. No nosso caso como futuros professores, precisamos nos conscientizar que um dia estaremos no lugar de nossos mestres e que também vamos querer respeito.
    Quando se coloca no lugar do outro fica mais fácil, perceber qual a sua dificuldade, fica mais próximo de solucionar.
    A timidez muitas vezes vem da própria pessoa, mas as vezes fico tímida diante de certas situações, obrigada pela dica. Trabalho como confiança, vontade e dedicação, o tripé para se sair destas situações.
    Professor precisa sempre estar atualizado, senão ele estaciona e os alunos passam por cima.
    Aguardamos com ansiedade sua visita ao 1º ano de pedagogia da São Judas. Tenho certeza que trocaremos muitas idéias, desde já obrigada pelas dicas.

    Márcia Oliveira 1APGN

    Comentário por Márcia Oliveira 1APGN — domingo, 18 de março de 2007 @ 12:03:02

  46. Achei que as dicas da Profª Tânia Juliani não são válidas somente para professores iniciantes, mas também para aqueles “profissionais” que depois de um determinado tempo de trabalho acham-se os donos do conhecimento e não se permitem aprender ou rever seus conceitos e atitudes. Gostei muito do que li e embora ainda não exerça a profissão, tenho minhas opiniões e muitas delas vem de encontro com as dicas da Professora Tânia. Espero ter oportunidade de conhecer mais sobre o seu trabalho.

    Comentário por Silvianira Mendes Lima — domingo, 18 de março de 2007 @ 13:39:12

  47. Ao ler as dicas expostas pela Profª Tânia, constatei mais uma vez como o papel do educador vai muito alem de ensinar. Ele precisa estar enquadrado em todos os pontos aqui especificados que vai de planejamento, ensaio, ser humano em sala de aula, o aluno precisa ver que não esta com um robo como professor, mas com uma pessoa que tem sentimentos tambem e muito mais. A importancia do planejamento de aula, creio que até o mais experiente professor tem que fazer, ensaiar a aula, isso vai demostrar a vontade que o professor tem de ser um bom educador em sala , o segurar as rédias, fator indispensavel, o professor em sala de aula é autoridade maxima, se deve respeito, e se ele não impor isso, nada será valido. O professor se colocar na posição do aluno tambem é primordial, nesse ano ja percebi que um de nosso professores procurou se colocar no lugar de uma das alunas para verificar qual era a sua duvida para que assim pudesse esclarece-la, e isso concerteza todo professor tem que fazer. Acrescento nas minhas palavras que essas dicas, nenhuma é indispensavel, cabe somente a nós como futuros educadores recebe-las como acrescimo em nosso curso de pedagogia.

    Comentário por Eliane Fernandes Cândido 1APGN — domingo, 18 de março de 2007 @ 13:51:11

  48. Prof. Tania todas suas dicas são importantes. Conhecer e respeitar as características apresentadas pelo grupo de alunos, possibilita ao professor planejar e estruturar as aulas para atingir os objetivos. Os feedbacks são importantes para ambas as partes. Conhecer cada vez mais o grupo e a aula proposta traz mais tranquilidade, diminuindo a ansiedade…

    Comentário por Ana Paula Morganti Ito — domingo, 18 de março de 2007 @ 14:49:16

  49. Boa tarde!
    Primeiramente, acho que o professor, como todo ser humano tem suas imperfeições, realmente é muita presunção acreditar que se pode satisfazer totalmente todas as dúvidas de todos os alunos, afinal, o que queremos criar neles é o desejo de buscar, de saber, e de como fazer isso,e tendo plantado neles essa semente, acho que se torna natural para aluno e professor, que ninguém nunca chega a saber tudo de algo, e que a busca pelo conhecimento é eterna.
    Todas as dicas que você expôs são fundamentais, mesmo se você não é iniciante, todos nós lembramos daqueles professores que entravam na sala sem saber onde a matéria estava, e que davam aula de memória sem nunca mudar nada, afinal são especialistas, não é?
    Uma coisa que admito que foi muito difícil, foi a questão da autoridade em sala… professor se impõe, e é testado, mas nunca gostei de levantar o tom de voz, de fazer ameaças, sou da área de artes, e acho que pode ser muito relaxante e interessante se a aula fluir como um debate, se todos produzirmos sem ter que tomar atitudes desgastantes, essa coisa de “controlar” o aluno, como vemos muito, é anti-natural, afinal eles não são descontrolados, e após algum tempo de trabalho com as turmas, eles podem perceber que é dever deles se portar de maneira respeitosa em sala, assim as coisas acontecem bem. caso contrário temos a aula “estragada”, o que não é proveitoso, e é obviamente perceptível.
    A questão da educação e de como direcionar o aluno para o desejo de estudo é extremamente delicada, acho que os professores acabam achando individualmente meios para se comunicar, mas nunca devemos deixar de lado o bom planejamento, afinal dez minutinhos a mais não fazem tanta diferença no nosso dia, e fazem as aulas renderem muito mais!

    Comentário por Prof. Sandra de Oliveira Sarkosi — domingo, 18 de março de 2007 @ 14:52:52

  50. Boa tarde!
    Primeiramente, acho que o professor, como todo ser humano tem suas imperfeições, realmente é muita presunção acreditar que se pode satisfazer totalmente todas as dúvidas de todos os alunos, afinal, o que queremos criar neles é o desejo de buscar, de saber, e de como fazer isso,e tendo plantado neles essa semente, acho que se torna natural para aluno e professor, que ninguém nunca chega a saber tudo de algo, e que a busca pelo conhecimento é eterna.
    Todas as dicas que você expôs são fundamentais, mesmo se você não é iniciante, todos nós lembramos daqueles professores que entravam na sala sem saber onde a matéria estava, e que davam aula de memória sem nunca mudar nada, afinal são especialistas, não é?
    Uma coisa que admito que foi muito difícil, foi a questão da autoridade em sala… professor se impõe, e é testado, mas nunca gostei de levantar o tom de voz, de fazer ameaças, sou da área de artes, e acho que pode ser muito relaxante e interessante se a aula fluir como um debate, se todos produzirmos sem ter que tomar atitudes desgastantes, essa coisa de “controlar” o aluno, como vemos muito, é anti-natural, afinal eles não são descontrolados, e após algum tempo de trabalho com as turmas, eles podem perceber que é dever deles se portar de maneira respeitosa em sala, assim as coisas acontecem bem. caso contrário temos a aula “estragada”, o que não é proveitoso, e é obviamente perceptível.
    A questão da educação e de como direcionar o aluno para o desejo de estudo é extremamente delicada, acho que os professores acabam achando individualmente meios para se comunicar, mas nunca devemos deixar de lado o bom planejamento, afinal dez minutinhos a mais não fazem tanta diferença no nosso dia, e fazem as aulas renderem muito mais!

    Comentário por Prof. Sandra de Oliveira Sarkosi — domingo, 18 de março de 2007 @ 14:52:54

  51. achei os comentários da professora tânia muito coerentes. passamos por situaçoes muito parecidas em todas as áreas de ensino. ela soube abordar muito bem cada item, com uma linguagem bem fácil. gostei muito de ler sobre o modo de pensar e de se expressar da professora tânia. uma dica q dou e repito é: seja sempre companheiro de seus alunos, pois a recíproca é verdadeira. o respeito, o carinho e a confiança vão sendo adquiridos aos poucos, mas quando conseguidos, são as melhores coisas num relacionamento de ensino-aprendizagem.

    Comentário por tamara harpaz — domingo, 18 de março de 2007 @ 15:19:46

  52. Gostei muito das dicas.Um ponto muito importante é preparar-se psicologicamente,não levando problemas pessoais para sala de aula,observando os alunos que tem dificuldades respondendo perguntas insentivando os alunos a pesquisarem sobre o assunto.

    Comentário por Maria Aparecida de Oliveira Yamazato — domingo, 18 de março de 2007 @ 16:01:48

  53. Gostei muito das dicas e acredito que elas serão de grande importância para o meu aprendizado.Todas elas são de extrema importância para mim que nã tenho nenhuma experiência nessa área da educação.Gostaria de agradecer a Profª Tânia por compartilhar conosco um pouco do seu apredizado.

    Comentário por Mariana Dias - 1APGN — domingo, 18 de março de 2007 @ 16:39:46

  54. Ao ler o texto da Profª Tânia, notei que algumas dicas estou desenvolvendo sozinha e outras vieram somar o meu desenvolvimento profissional. As informações apresentadas são de extrema importância, pois mostram, exatamente, o que nós, iniciantes, passamos. Concordo plenamente com a professora quanto a impotância do educador dominar o tema da aula; isso é o que passa confiança a ele próprio e aos alunos. Agora, é só praticar em frente ao espelho e seguir em frente!

    Comentário por Elaine Bernardo de Sousa — domingo, 18 de março de 2007 @ 16:54:12

  55. Ao ler o texto da Profª Tânia, notei que algumas dicas estou desenvolvendo sozinha e outras vieram somar o meu desenvolvimento profissional. As informações apresentadas são de extrema importância, pois mostram, exatamente, o que nós, iniciantes, passamos. Concordo plenamente com a professora quanto a impotância do educador dominar o tema da aula; isso é o que passa confiança a ele próprio e aos alunos. Agora, é só praticar em frente ao espelho e seguir!

    Comentário por Elaine Bernardo de Sousa — domingo, 18 de março de 2007 @ 16:55:39

  56. Concordo com todas as dicas! Se todos os professores iniciantes seguirem o que a profª Tânia ensinou terão um ótimo início na sala de aula. Acredito que a primeira dica é com certeza a mais importante. Estar preparado faz com que o professor se sinta à vontade diante da turma e permite que a aula flua de uma maneira mais natural. Uma outra dica que posso acrescentar é que os professores procurem pensar na aula como um todo e tentem prever as possíveis perguntas e problemas que surgirão. Tenham em mãos o plano da aula em um cartão-ficha, por exemplo. Coisas importantes a serem ditas devem ser escritas com destaque neste cartão. Se tiverem que dar exemplos, crie-os previamente. Isto previne que os pensamentos fujam e que se perca tempo na aula. Enfim, a experiência vem com o dia-a-dia e o nosso aprendizado, acredito eu, acaba sendo muito mais valioso. Respeito e confiança são aspectos que devem ser trabalhados sempre. Não somente dos alunos para com os professores, mas principalmente o inverso.

    Comentário por Profª. Fabiola Pidorodeski Nagano — domingo, 18 de março de 2007 @ 17:44:11

  57. Certamente, as dicas encontradas nesse blog são importantes para o profissional da área de educação, mas acredito que o dia-a-dia em sala de aula ensina muito mais do que qualquer tipo de documento escrito. estes devem ser usado como base para a formação e o aperfeiçomento profissional de cada um. Cada sala de aula é única, assim como cada aluno e cada professor. Tudo que vimos acima é fundamental, desde que se enquadre às necessidades dos alunos e aos objetivos que a instituição espera que o docente atinja. Palnejamento é o passo mais importante para uma BOA aula, desde que seja usado com flexibilidade e não como um livro de regras, pois se os objetivos esperados não forem alcançados o professor deverá encontrar uma outra forma de execultá-los, assim, um novo planejamento “virá a tona”. Acredito que o “controle” da sala seja fundamental para o bom andamento de uma aula, mas o professsor general ficou para o passado, hoje controlo muito bem meus alunos sem ser uma fábrica de broncas. Se, quando comecei a lecionar tivesse essa mestalidade, teria sofrido muito menos e guardaria melhores momentos de minhas turmas. Portanto, executem sempre o amor ao lecionar, assim, o bicho de sete cabeças será seu melhor amigo.

    Comentário por Prof. Mônica Penco Villa — domingo, 18 de março de 2007 @ 17:46:32

  58. Concordo com todas as dicas! Se todos os professores iniciantes seguirem o que a profª Tânia ensinou terão um ótimo início na sala de aula. Acredito que a primeira dica é com certeza a mais importante. Estar preparado faz com que o professor se sinta à vontade diante da turma e permite que a aula flua de uma maneira mais natural. Uma outra dica que posso acrescentar é que os professores procurem pensar na aula como um todo e tentem prever as possíveis perguntas e problemas que surgirão. Tenham em mãos o plano da aula em um cartão-ficha, por exemplo. Coisas importantes a serem ditas devem ser escritas com destaque neste cartão. Se tiverem que dar exemplos, crie-os previamente. Isto previne que os pensamentos fujam e que se perca tempo na aula. Enfim, a experiência vem com o dia-a-dia e o nosso aprendizado, acredito eu, acaba sendo muito mais valioso. Respeito e confiança são aspectos que devem ser trabalhados sempre. Não somente dos alunos para com os professores, mas principalmente o inverso.

    Comentário por Fabiola Pidorodeski Nagano — domingo, 18 de março de 2007 @ 17:51:55

  59. Concordo com todas as dicas! Se todos os professores iniciantes seguirem o que a profª Tânia ensinou terão um ótimo início na sala de aula. Acredito que a primeira dica é com certeza a mais importante. Estar preparado faz com que o professor se sinta à vontade diante da turma e permite que a aula flua de uma maneira mais natural. Uma outra dica que posso acrescentar é que os professores procurem pensar na aula como um todo e tentem prever as possíveis perguntas e problemas que surgirão. Tenham em mãos o plano da aula em um cartão-ficha, por exemplo. Coisas importantes a serem ditas devem ser escritas com destaque neste cartão. Se tiverem que dar exemplos, crie-os previamente. Isto previne que os pensamentos fujam e que se perca tempo na aula. Enfim, a experiência vem com o dia-a-dia e o nosso aprendizado, acredito eu, acaba sendo muito mais valioso. Respeito e confiança são aspectos que devem ser trabalhados sempre. Não somente dos alunos para com os professores, mas principalmente o inverso.

    Comentário por Fabiola Pidorodeski Nagano — domingo, 18 de março de 2007 @ 17:52:49

  60. Estas dicas da professora Tânia foram para mim de extrema importância, ao passo que estou lecionando Inglês pela primeira vez no ensino fundamental neste ano de 2007. Percebi que algumas dicas foram muito proveitosas, principalmente o tópico 5 (segure as rédeas da turma). Impor respeito à classe é muito difícil. Eles realmente testam os nossos limites e se nós somos bonzinhos demais, perdemos completamente o respeito. Em nenhum momento podemos perder o controle da classe e ao mesmo tempo precisamos ser amigos, mestres e principalmente saber lidar com as necessidades de cada aluno. Obrigada professora pelas dicas. Espero poder melhorar meu desempenho como profissional.

    Comentário por Professora Solange Prado Armelin — domingo, 18 de março de 2007 @ 18:02:29

  61. Estas dicas da professora Tânia foram para mim de extrema importância, ao passo que estou lecionando Inglês pela primeira vez no ensino fundamental neste ano de 2007. Percebi que algumas dicas foram muito proveitosas, principalmente o tópico 5 (segure as rédeas da turma). Impor respeito à classe é muito difícil. Eles realmente testam os nossos limites e se nós somos bonzinhos demais, perdemos completamente o respeito. Em nenhum momento podemos perder o controle da classe e ao mesmo tempo precisamos ser amigos, mestres e principalmente saber lidar com as necessidades de cada aluno. Obrigada professora pelas dicas. Espero poder melhorar meu desempenho como profissional.

    Comentário por Professora Solange Prado Armelin — domingo, 18 de março de 2007 @ 18:07:22

  62. São dicas importantes para nós iniciantes como professores. Com certeza muitos itens acima, eu me encaixei, como por exeplo a timidez, e realmente não posso ser tímida para lecionar.
    Algumas coisas já faço antes mesmo de lecionar,como treinar muito antes de apresentar alguma aula ou treinamentos que dou no meu trabalho.

    Ainda não me tornei professora, e nunca tive uma turma que fosse meus educandos, mas essas dicas com certeza vou guardar para minhas futuras aulas.

    Obrigada pelas orientações!

    Comentário por Ana Priscila Costa Arakaki — domingo, 18 de março de 2007 @ 18:43:03

  63. São dicas importantes para nós iniciantes como professores. Com certeza muitos itens acima, eu me encaixei, como por exeplo a timidez, e realmente não posso ser tímida para lecionar.
    Algumas coisas já faço antes mesmo de lecionar,como treinar muito antes de apresentar alguma aula ou treinamentos que dou no meu trabalho.

    Ainda não me tornei professora, e nunca tive uma turma que fosse meus educandos, mas essas dicas com certeza vou guardar para minhas futuras aulas.

    Obrigada pelas orientações!

    Comentário por Ana Priscila Costa Arakaki — domingo, 18 de março de 2007 @ 18:43:50

  64. As dicas da professora Tânia foram de muita importância para mim, principalmente por que nunca lecionei, aprendi que os alunos devem perceber que os professores são seres humanos é nem tudo sabem, mas devem estar dispostos a irem sempre em busca de novos conhecimentos, sentir medo faz parte da vida de todos nós e preciso apenas a aprender a superá-lo, planejar é fundamental na vida de um professor para assim obter o objetivo desejado com seus alunos por fim e preciso ter autoridade na sala de aula, para que se mantenha o respeito entre aluno e professor.

    Obrigada Professora Tânia pela dedicação que a senhora demonstra com os seus futuros colegas de profissão.

    Fernanda F. Tavares
    1APGN

    Comentário por Fernanda F. Tavares — domingo, 18 de março de 2007 @ 18:49:04

  65. Penso que as dicas dadas não apenas são válidas para a sala de aula , mas sim para o dia a dia,e com relação as questões didáticas e pedagógicas, vejo que são muito importantes,porém muito mais importante é o ,desenvolvimento humano espiritual do professor(melhoria do professor como ser humano),pois somente desta forma que teremos uma aula cada vez melhor , com respeito e honestidade.

    Comentário por Samuel de Almeida Leme — domingo, 18 de março de 2007 @ 19:21:07

  66. São dicas de extrema utilidade, principalmente para quem nunca lecionou.
    É realmente fundamental estar preparado e certo do que vai fazer antes de iniciar uma aula. Eu por exemplo, todo domingo faço um semanário, onde registro todo o conteúdo e as recreações que vou dar durante a semana. Isso faz com que eu entre na sala de aula certa e segura do que vou ensinar, sem contar que é um registro que pode ser aproveitado futuramente se for o caso de lecionar para a mesma série.
    Outra dica importante é sobre o relacionamento com os alunos, eles devem ver em você uma pessoa em que podem confiar, mas sempre lembrando que você tem autoridade sobre eles. E no caso da educação infantil, também é fundamental ter um bom relacionamento com os pais ou responsáveis, isso cria uma maior confiança em seu trabalho e consequentemente confiança e credibilidade à escola.

    Boa sorte para todos.

    Comentário por Profª Priscila C. Américo - 1APGN — domingo, 18 de março de 2007 @ 19:29:22

  67. Certamente, as dicas encontradas nesse blog são importantes para o profissional da área de educação, mas acredito que o dia-a-dia em sala de aula ensina muito mais do que qualquer tipo de documento escrito. Este deve ser usado como base para a formação e o aperfeiçoamento profissional de cada um. Cada sala de aula é única, assim como cada aluno e cada professor. Tudo que vimos acima é fundamental, desde que se enquadre às necessidades dos alunos e aos objetivos que a instituição espera que o docente atinja. Planejamento é o passo mais importante para uma BOA aula, desde que seja usado com flexibilidade e não como um livro de regras, pois se os objetivos esperados não forem alcançados o professor deverá encontrar uma outra forma de executá-los, assim, um novo planejamento “virá a tona”. Acredito que o “controle” da sala seja fundamental para o bom andamento de uma aula, mas o professor general ficou para o passado, hoje controlo muito bem meus alunos sem ser uma fábrica de broncas. Se, quando comecei a lecionar tivesse essa mentalidade, teria sofrido muito menos e guardaria melhores momentos de minhas turmas. Portanto, executem sempre o amor ao lecionar, assim, o bicho de sete cabeças será seu melhor amigo.

    Comentário por Professora Mônica Penco Villa — domingo, 18 de março de 2007 @ 19:30:02

  68. Nada como a experiência, nâo é verdade? O que mais está me encantando no curso de pedagogia, é a importância que se dá ao lado humano do professor. As dicas dadas aqui, são importantes e ricas porque nos levam a nos reconhecer como humanos. Essa troca entre professor e aluno, relações baseadas na sinceridade e confiança, a conquista de uma sala de aula, encarar nossos medos e mesmo assim prosseguir, reconhecer nossa autoridade, enfim, nos colocar no lugar onde estamos prestes a entrar, estou realmente encantada com os horizontes que estão se abrindo diante de mim. E o mais importante é que estou percebendo que estou cursando uma ” faculdade de serviço” . Uma frase de Dom Bosco me encantou um dia ” Deus nos colocou no mundo para os outros”, todas as dicas dadas aqui mais o que os professores nos passam na faculdade tem me confirmado isso. Muito Obrigada, depois dessas dicas me certifiquei realmente de estar trilhando o caminho certo.

    Comentário por Ivani Aparecida Stanchi Zerbine - 1 APGN — domingo, 18 de março de 2007 @ 19:42:54

  69. Cara professora Tânia!
    Obrigada pelas dicas, com certeza serão de muita utlilidade para mim e acredito que para meus colegas da futura profissão também. Pude perceber que para se trabalhar com crianças primeiramente devemos estabelecer um bom relacionamento, saber entender e decifrar cada uma delas, pois vivem em mundos e famílias diferentes. Sei que o início será difícil, surgirão dúvidas, medos e principalmente insegurança, mas nada que não seja superado, tudo que é novo gera medo, mas em cima disso vem o grande desafio de fazer essas crianças enxergarem o mundo de uma forma humanística que é uma das coisas que a sociedade hoje precisa. e, em cima de toda experiência ocorre um aprendizado mútuo.

    Congratulações

    Juliana Gino-1APGN

    Comentário por Juliana Gino de Oliveira — domingo, 18 de março de 2007 @ 19:46:31

  70. Cara professora Tânia!
    Obrigada pelas dicas, com certeza serão de muita utilidade para mim e acredito que para meus colegas da futura profissão também. Pude perceber que para se trabalhar com crianças primeiramente devemos estabelecer um bom relacionamento, saber entender e decifrar cada uma delas, pois vivem em mundos e famílias diferentes. Sei que o início será difícil, surgirão dúvidas, medos e principalmente insegurança, mas nada que não seja superado, tudo que é novo gera medo, mas em cima disso vem o grande desafio de fazer essas crianças enxergarem o mundo de uma forma humanística que é uma das coisas que a sociedade hoje precisa. e, em cima de toda experiência ocorre um aprendizado mútuo.

    Congratulações

    Juliana Gino-1APGN

    Comentário por Juliana Gino de Oliveira — domingo, 18 de março de 2007 @ 19:48:17

  71. Boa noite Profª Tânia.
    Sua dicas são bem claras e importantes para quem está iniciando porque às vezes o professor se preocupa muito com o conteúdo e esquece do mais importante que é os alunos. Não adianta ter uma aula bem elaborada se não está de acordo com as características da sala que se está trabalhando.
    Sou Professora de Educação Física mas ainda não trabalho em escola, trabalho em academia. Meu público é heterogêneo (crianças, adultos e idosos) mas suas dicas se encaixam bem para qualquer situação de docência, não importa a faixa etária e o local em que se trabalha pois o que foi dito, eu procuro utilizar nas minhas aulas.

    Josy Melissa Arakawa - Licenciatura (quinta-feira)
    LI05B

    Comentário por Josy Melissa Arakawa — domingo, 18 de março de 2007 @ 19:57:48

  72. Cara Profª Tânia, as dicas apresentadas nesse post são preciosas, principalmente para mim que não tenho nenhuma experiência em educação, são atitudes essenciais que um educador deve ter na sala de aula. O respeito ao próximo e a vontade de aprender são ingredientes que tornam o aprendizado gratificante e completo.
    Parabéns pelos textos, são muitos interessantes.

    Comentário por Natália Moura Rodrigues 1APGN — domingo, 18 de março de 2007 @ 20:22:27

  73. O que posso dizer ? Parece até que a prof. Tânia sabia que eu estou prestes a dar aulas (e, para ser mais exata, começarei amanhã).
    Decerto, por meio do uso de conceitos muito práticos pude aprender uma série de sugestões que serão muito proveitosas. A começar pelo primeiro item - “Planeje bem suas aulas”, fica evidente a necessidade da diversidade de métodos de ensino pelo qual o docente tem de se apropriar. Afinal, hoje em dia, o que mais se encontra em algumas escolas são aulas mal preparadas, monótonas e sem a utilização de recursos que venham favorecer o indíviduo-aluno.
    Além disso, outros fatores que julgo essenciais como a noção de autoridade e o ajustamento das expectativas, contribuem para um desempenho melhor do educador. Com certeza, todos os aspectos evidenciados pela prof. Tania foi de suma importância para mim, além das dicas, que são extremamente atrativas justamente por serem de caráter eminentemente prático, real e possível de se alcançar.

    Comentário por Priscila Ferraro Augusto — domingo, 18 de março de 2007 @ 20:52:09

  74. Concordo com todas as dicas! Se todos os professores iniciantes seguirem o que a profª Tânia ensinou terão um ótimo início na sala de aula. Acredito que a primeira dica é com certeza a mais importante. Estar preparado faz com que o professor se sinta à vontade diante da turma e permite que a aula flua de uma maneira mais natural. Uma outra dica que posso acrescentar é que os professores procurem pensar na aula como um todo e tentem prever as possíveis perguntas e problemas que surgirão. Tenham em mãos o plano da aula em um cartão-ficha, por exemplo. Coisas importantes a serem ditas devem ser escritas com destaque neste cartão. Se tiverem que dar exemplos, crie-os previamente. Isto previne que os pensamentos fujam e que se perca tempo na aula. Enfim, a experiência vem com o dia-a-dia e o nosso aprendizado, acredito eu, acaba sendo muito mais valioso. Respeito e confiança são aspectos que devem ser trabalhados sempre. Não somente dos alunos para com os professores, mas principalmente o inverso.

    Comentário por Fabiola Pidorodeski Nagano — domingo, 18 de março de 2007 @ 21:15:10

  75. Cara Profª Tania, As dicas apresentadas nesse post são bem claras e objetivas, se todos os professores iniciantes tivessem oportunidade de ler tais dicas, poderia ajudar muito no seu desempenho durante a aula, foi de suma importância para mim todas as dicas porque não tenho experiência nenhuma dentro de uma sala de aula como professora. Obrigada certamente todas essas dicas ajudaram no meu futuro como educadora.

    Comentário por Juliana Poliche De Souza — domingo, 18 de março de 2007 @ 23:58:09

  76. Cara Profª Tania, As dicas apresentadas nesse post são bem claras e objetivas, se todos os professores iniciantes tivessem oportunidade de ler tais dicas, poderia ajudar muito no seu desempenho durante a aula, foi de suma importância para mim todas as dicas porque não tenho experiência nenhuma dentro de uma sala de aula como professora. Obrigada certamente todas essas dicas ajudaram no meu futuro como educadora.

    Comentário por Juliana Poliche De Souza — domingo, 18 de março de 2007 @ 23:58:24

  77. As dicas são muito importantes para quem está começando agora. O ponto que mais chamou a minha atenção foi sobre o planejamento das aulas, pois acho muito importante entrar na sala de aula bem preparado e ter em mente tudo o que vai ser passado para os alunos.

    Comentário por Silvia Fernanda de Moraes Mena 1APGN — segunda-feira, 19 de março de 2007 @ 10:31:22

  78. Professora Tânia,
    As suas dicas realmente são maravilhosas, me acrescentou muito. Com elas posso me sentir mais confiante, neste novo desafio a enfrentar.
    Gostei muito do que você indica sobre planejamento e quando nos pede que adquira um ótimo relacionamento com os alunos, também acredito que planejamento é muito importante, principalmente para um professor e que com um bom relacionamento, podemos ensinar e aprender muito mais.
    Com certeza lembrarei das suas dicas assim que começar a lecionar.

    Comentário por Iris Souza Dunga / 1APGN — segunda-feira, 19 de março de 2007 @ 16:22:49

  79. Professora Tânia, primeiramente gostaria de agradecer por essas dicas que serão de grande valia, para nós futuros professores e mesmo para quem já atua na área.
    Gostei muito das dicas principalmente sobre a parte de preparação, pois sinceramente, ás vezes fico pensando em como será meu primeiro dia de aula, o que irei falar ou fazer.Acredito que essas dicas irão me ajudar bastante, não só no início, mas em toda minha vida profissional.

    Obrigada!

    Comentário por MEIRE EVELYN NOGUEIRA MIGUEL 1APGN — segunda-feira, 19 de março de 2007 @ 16:38:04

  80. Sem duvidas as dicas da professora Tânia serão muito bem utilizadas, ainda mais pra mim que nunca lecionei! Achei muito importante todos os tópicos, devemos nos sentir confiantes para que a aula flua bem, não devemos ter medo de dizer que não sabemos assim as crianças também não terão. Tenho certeza que quando tiver a oportunidade de começar a lecionar virei aqui novamente ler essas 8 dicas e assim correr atrás para me tornar uma boa educadora
    Obrigada professora

    Comentário por Aline Luiza Campana 1Apgn — segunda-feira, 19 de março de 2007 @ 16:55:49

  81. Foram de extrema importância as dicas apresentadas, principalmente por eu ser iniciante. Todo ínicio gera insegurança e dúvidas porém agora me sinto mais segura por saber que tudo pode ser superado e que com disciplina e muitos treinamentos conseguirei alcançar meu objetivo.Sem esquecer que o respeito é a base de tudo.
    Obrigada pelas dicas Prof: Tânia juliani

    Comentário por Rafaella Algarte de Michele — segunda-feira, 19 de março de 2007 @ 18:46:04

  82. Gostei muito das dicas passada pela professora Tânia, são idéias de muita importancia para eu que sou iniciante.
    Com certeza essas ideias me ajudarão no futuro para ser uma boa educadora. Achei muito interessante todos os itens, porem um que me chamou mais atenção foi o nº7, pois me identifiquei pois sou muito tmida para falar em público, mas o que a professora Tania Juliani escreveu que se a pessoa estiver preparada o suficiente tudo da certo, e isso é verdade porque se voce esta preparado por mais que seja sua insegurança, tudo saira bem, é questão de tempo para se acosutmar. Adorei as dicas, parabéns professora Tania

    Comentário por Rafaella Torres Santos — terça-feira, 20 de março de 2007 @ 14:26:30

  83. Cara Profª Tania, As dicas apresentadas nesse post são bem claras e objetivas, se todos os professores iniciantes tivessem oportunidade de ler tais dicas, poderia ajudar muito no seu desempenho durante a aula, foi de suma importância para mim todas as dicas porque não tenho experiência nenhuma dentro de uma sala de aula como professora. Obrigada certamente todas essas dicas ajudaram no meu futuro como educadora.

    Comentário por Juliana Poliche de Souza — terça-feira, 20 de março de 2007 @ 15:29:45

  84. Cara Profª Tania, As dicas apresentadas nesse post são bem claras e objetivas, se todos os professores iniciantes tivessem oportunidade de ler tais dicas, poderia ajudar muito no seu desempenho durante a aula, foi de suma importância para mim todas as dicas porque não tenho experiência nenhuma dentro de uma sala de aula como professora. Obrigada certamente todas essas dicas ajudaram no meu futuro como educadora.

    Comentário por Juliana Poliche De Souza — terça-feira, 20 de março de 2007 @ 15:30:46

  85. Andresa Albuquerque Alvares-1APGN
    Agradeço a Sr.Tania por essas dicas, a oportunidade que foi nos dada foi muito importante, pois eu sou uma iniciante e tenho certeza de que farei proveito.
    Com suas dicas percebi que ser professora é mais do que dar aula,é sempre buscar a cada dia mais conhecimento e aprender com seus proprios alunos, pois sempre tenho que passar segurança aos meus alunos ,se eu nao trouxer conhecimento e compreensão a eles , não seria uma boa profissional ,pois o sucesso do meus alunos partira de mim , percebi também o quanto o planejamento e importante para que eu não fique perdida, pois assim sempre terei mais tempo de buscar informações e repassar ao meus alunos informacoes mais , pois sem o planejamento fica tudo em cima da hora e sua aula não fica rica em infrmações.
    Em relação a disciplina tenho um pouco de receio pois jamais seria uma ditadora, pois se um aluno tiver problema de disciplina e eu for assim com ele a dentência é que a cada dia piore mais, numa visão geral de todas a dicas percebi que e necessario que eu ter tranquilidade,buscar ajudar todos os meus alunos cada um com uma maneira , pois assim espero obter sucesso.

    Comentário por Andresa Albuquerque Alvarez — terça-feira, 20 de março de 2007 @ 17:22:10

  86. Gostei muito das dicas, muito mesmo.
    Vou tentar segui-las. Espero que eu consiga.
    Já falei para o meu namorado e para a minha irmã que eles terão que me ajudar a treinar. Começarei o quanto antes.

    Se todos os professores fizessem, pelo menos um pouco do que você diz nessas dicas, tenho certeza que a Educação do nosso país não estaria como está e que conseqüentemente o nosso país já seria muito melhor.

    Mas, estamos embarcando nesse barco com sonhos, esperança e muita dedicação.

    Seja o que Deus quiser!!!

    Comentário por Patrícia Maria Barbosa da Silva / 1APGN — terça-feira, 20 de março de 2007 @ 18:04:02

  87. Olá, Professora Tânia! São dicas muito úteis àqueles que almejam de fato tornar-se um bom professor! Antes de tudo o professor deve amar o seu aluno, pois ele é o que há de mais importante nesse trabalho!

    Comentário por Prof. Cícero Cláudio Pereira Curvelo — terça-feira, 20 de março de 2007 @ 18:04:38

  88. Achei muito boa essas dicas, pois a partir delas podemos melhorar nossa atuaçao quando fomos dar aulas,muito importante pois uma das dicas que mais gostei foi o fato de um professor nao deve ter edo nem vergonha que e o meu caso, pois tenho muita vergonha mais acredito que com o passar do tempo vou conseguir superar.Por fim gostei muito e acho que isso e muito bom para qum pretende ser um bom profissional.Pra finalizar deixo meus parabens pela ideia de colocar essas dicas para nos futuras pedagogas ter uma base de como agir.

    Comentário por Thalita Gonçalves dos Santos — terça-feira, 20 de março de 2007 @ 18:11:17

  89. Professora Tânia, Foi muito proveitoso para mim todas as suas dicas.Em especial a nr3-Prepare-se emocionalmente e a 7-Tímido eu? vieram de encontro às minhas necessidades.Estou confiante de estar no caminho certo e pretendo fazer com amor as tarefas a mim confiadas.

    Comentário por Maria Edileuza de Brito Silva — terça-feira, 20 de março de 2007 @ 18:48:34

  90. Ola professora, primeiramente parabens pelo blog.
    Considero de extrema importancia todas as dicas que foram colocadas no blog, o professor sendo iniciante, ou “velho de guerra”, deve-se estar preparado, um bom planejamento ajudo muito no desenvolvimento do conteudo pelo ano letivo. Segundo ponto importante, é que o professor , princippalmente quem esta iniciando deve se preparar psicologicamente, pois ira encontra diversos desafios dentro da sala de aula, como alunos que nao o respeitam, alunos dispersos, entre outros. Por isso a importancia de mostra que é uma autoridade, que no momento que se deve “impor” respeito , vai coloca-lo.
    Terceiro ponto conhecer os alunos, colocar-se no lugar deles e avaliar como esta sendo seu ensino, e sempre mudando sua didatica, e apresentando novas formas, nao monotonas aos alunos.

    esde ja parabenizo as dicas, pois elas sao importantes para qualquer professor desde o iniciante ao com mais tempo de profissao.

    Comentário por Flavio de Mello Maranho — quarta-feira, 21 de março de 2007 @ 19:08:07

  91. oi,professora são otimas suas dicas sendo de extrema importancia a todos os profissionais da area.Porque o professor conseguira errar menos se planejar sua aula ,e com a experiencia adquirida terá aos poucos muita confiança em si e automaticamente passará aos discentes. Pois realmente organizar e dar as primeiras aulas são um obstáculo pessoal e profissional gigante até mesmo para alguns professores mais experientes.

    Comentário por keli cristina p.s. jucelino - professora de desenvolvimento infantil — quinta-feira, 22 de março de 2007 @ 18:26:09

  92. Primeiramente gostaria de parabeniza-lá pela feliz idéia em configurar um bolg com esse tipo de conteúdo. Achei muito interessante 3 itens, pois me fizeram refletir sobre ações do dia-a-dia: Prepare-se emocionalmente, Ajuste as expectativas e coloque-se no lugar do aluno. Essa leitura me fez refletir muito. Obrigado!

    Comentário por Sandro Gregoli (USJT) — sexta-feira, 23 de março de 2007 @ 21:25:30

  93. Prof. Tania parabéns pelo trabalho que vem desenvolvendo e incentivando a formação continuada dos colegas.Prof. Marco Antonio

    Comentário por professor Marco Antonio — sábado, 24 de março de 2007 @ 02:06:47

  94. Prof. Tania parabéns pelo trabalho que vem desenvolvendo e incentivando a formação continuada dos colegas.Prof. Marco Antonio

    Comentário por professor Marco Antonio — sábado, 24 de março de 2007 @ 02:06:49

  95. Excelentes dicas! até para os mais experientes.
    Gostei muito quando diz que é preciso ter experiência significativa com o contéúdo, correr atrás ou lecionar outra matéria, principalmente, por ter sido bem direta.
    O texto é completo em relação ao tipo de dica mas gostaria que você escrevesse um pouco mais sobre medo no item 3, como ela ajuda o educador a se preparar um pouco mais.
    Notei que o blog do Terra vai apagando posts conforme outros vão entrando, seria interessante deixar alguns textos (como este) fixos na página inicial. Não sei se existe o recurso, mas seria muito bom.
    Parabéns!

    Comentário por Engenheiro Marcelo Tavares de Santana — sábado, 31 de março de 2007 @ 13:59:46

  96. Boa tarde Professora Tânia,

    Em primeiro lugar gostaria de lhe parabenizar pela concepção deste blog. O contéudo é maravilhoso.

    Este post, dando dicas para professores iniciantes é perfeito para nós que estamos estudando. Se todos os professores tivessem acesso a este material o ensino de nossas crianças seria muito melhor.
    Tentarei seguir todas as dicas que foram aqui apresentadas, dando enfase ao planejamento das aulas e me preparando emocionalmente. Um ponto muito importante é se colocar no lugar do aluno, realmente é assim que tem que ser.

    Enfim essas dicas só tendem a nos fazer crescer profissionalmente como pessoas também.

    Até mais.

    Comentário por Solange Prado (USJT) — terça-feira, 10 de abril de 2007 @ 15:04:35

  97. Dicas como essas são sempre interessantes mesmo que para professores experientes . As vezes o professor se sente seguro e deixa de planejar e se envolver com a aula . Planejar , treinar e antecipar são de fundamental importância para uma bem sucedida que alcance os objetivos principais.

    Comentário por Flávia Costa — sábado, 14 de abril de 2007 @ 00:44:29

  98. Achei muito interessante as dicas que foram dadas no texto, se seguirmos esses sábios conselhos com certeza teremos não só no início da carreira, mas para o resto da vida profissional cartas na manga para sempre escolher os melhores métodos para transmitir nossos conhecimentos.

    Comentário por Maria Gabriela — domingo, 15 de abril de 2007 @ 16:40:33

  99. Muito interessante o texto para professores iniciantes. É uma maneira simples de aprender como lidar com as primeiras aulas, que são uma experiência única. Lembro-me muito bem desse início e muitas das coisas descritas no texto aprendi a duras penas no dia-a-dia.
    A voz da experiência é uma fonte inesgotável de sabedoria. Se todos os professores que já trabalham na área ajudassem os novos, essa adaptação seria mais fácil.

    Fabiana Leone Zardo 5a feira à noite

    Comentário por Fabiana Leone Zardo — domingo, 15 de abril de 2007 @ 16:51:02

  100. Olá Profª!
    As suas dicas estão perfeitas!!! O professor que ainda não iniciou sua carreira, com certeza deve segui-lás, pois eu sou professora e sei o quanto uma boa preparação é fundamental antes de entrar em sala de aula, além disso, não pode faltar o comprometimento e responsabilidade com os alunos.
    Beijos
    Profª Helen Sinésio

    Comentário por Helen Sinésio — domingo, 15 de abril de 2007 @ 23:25:23

  101. Professor de Matemática - Colégio São Judas Tadeu / CAAM-USJT

    Todas essas dicas são de imensa importância para todos os professores, e não somente o professor iniciante, pois, a cada anos que se passa recebemos novos alunos, novas pessoas com novos costumes e temos que estar sempre preparados colocar em pratica essas dicas preciosas. Quem seguir essas dicas e outras e estar sempre atualizado, ter responsabilidade, ser um profissional competente certamente terá um grande sucesso.

    Comentário por Davi Brigatto Mariano — domingo, 15 de abril de 2007 @ 23:57:06

  102. Olá, Profª!
    Esse texto relamente contém dicas valiosas e que deveriam ser exploradas, por nós professores em formação e tmb por professores já formados. O professor, deve sim enquanto um proffisional sempre ter um plano de aula elaborado e conhecimento do que será abordado, esse é o primeiro passo para se tornar um educador. Uma certa vez, ouvi de uma profª “A PERSEVERANÇA, O ESFORÇO E A DEDICAÇÃO SÃO MEIOS QUE NOS LEVAM A CONQUISTA DOS NOSSO OBJETIVOS”. E essa frase eu levo sempre comigo. Ser/ se tornar um bom educador, é um trabalho que exige tempo e uma ótima forma de começar é estar atento aos pontos que você salientou.

    Daniele Cesar - Licenciatura - 5ª feira

    Comentário por Daniele Cesar — segunda-feira, 16 de abril de 2007 @ 18:17:38

  103. Olá, Professora.
    Gostaria de lhe parabenizar por manter um blog como este, com dicas e conceitos tão relevantes quanto à educação. Achei as dicas de extrema importância para todos os profissionais, mesmo aqueles que não estão ligados a educação, pois as dicas nos dizem que devemos sempre nos preparar antes de iniciar algum projeto importante.
    Agradeço por poder partilhar das suas dicas e sei que irei usá-las a partir de agora para incrementar minhas aulas.

    Luana Vicente Batista
    classe de quinta-feira, sala 302-E

    Comentário por Luana Vicente Batista — quarta-feira, 18 de abril de 2007 @ 16:31:39

  104. Olá Profª!
    As suas dicas são realmente muito boa!!! Principalmente pra mim que ainda não iniciei meu trabalho com nenhum tipo de seguimento na área da pedagogia, uma boa preparação é fundamental antes de entrar em sala de aula, além disso, não pode faltar o comprometimento e responsabilidade com os alunos.
    Concerteza seguirei elas.
    Beijos
    Karina.

    Comentário por Karina Aparecida da Silva — terça-feira, 12 de junho de 2007 @ 10:24:30

  105. Olá profª!
    Lendo estas dicas me emocionei imaginando como seria meu primeiro dia de aula como profissional.
    Tenho dado aulas para crianças da igreja onde congrego, mas não deixa de ser responsabilidade pois afinal é um momento em que estamos lidando com crianças e elas merecem cuidados tanto no ensino quanto num bom
    relacionamento, e é bom acreditar que a timidez não prevalece na vida de um professor, pelo menos não, no momento em que ele esta atuando. O professor tem autoridade, tem o poder, seu poder ele pode deixar “armazenado” (não usá-lo presisamente sempre), já a sua autoridade pode ser usada, mas com sabedoria e em primeiro lugar tentando conquistar o seu aluno.
    Desde já agradeço pela atenção.

    Comentário por Ana Lucia de Souza Figueredo — quarta-feira, 13 de junho de 2007 @ 18:51:39

  106. Olá professora gostei muito dessas dicas e quero aproveitar-las ao máximo.
    Bom como eu já dou aula de bateria, na igreja a onde congrego, eu sempre planejo minhas aulas me colocando no lugar do aluno para saber se o conteúdo está de acordo com que eu pensei. Sempre procuro saber se aulo está acompanhando a matéria, passo deveres de casa, e na aula seguinte vejo se realmente fizeram e se estão com dúvidas.
    E pretendo aplicar essas dicas nas minhas aulas~.
    Também gostei da parte das dica que comenta como ser um professor sincero, quando o aluno pergunta algo que o professor não saiba ou, caso não esteja no seu alcance, o professor pode dizer ao aluno que irá pesquisar, e que trará a resposta na outra aula.
    A final o professor tem que mostrar que o professor torna-se confiável.

    Comentário por Adriano — sexta-feira, 15 de junho de 2007 @ 11:45:33

  107. Olá Profa. Tânia, bom dia, sou aluno da Profa. Dinéia Hypolitto, na Disciplina de Prática e Projetos Educacionais, e quero parabenizar-te pelo artigo supra. Estas dicas são realmente preciosas! Creio que todos os professores iniciantes e até, alguns veteranos que conheço, deveriam ter acesso a elas. Todo professor que se preze deve ter o mínimo de planejamento. O ensaio é um instrumento eficaz, sem dúvida alguma, tem como resultado a perda do pavor de falar em público e da insegurança diante do assunto com o qual se trabalha. Acerca do ajuste de expectativas, lembro-me de uma frase da Profa. Cecília de Carvalho: “a arma do professor é o conhecimento” e eu citaria ainda que outra arma é a humildade que permitirá a ele este senso de realidade que o mantém sempre em contato consigo mesmo e isto, sem dúvida alguma, produzirá uma relação de confiança e respeito entre o professor e o aluno! A Dica número 5 é interessante porque alguns confundem autoridade com autoritarismo. É uma verdade inconteste: “as pessoas estão em busca de referências”. A necessidade de colocar-se no lugar do aluno enunciada pela Profa. Tânia é fundamental em qualquer relacionamento e trata-se da asserção de um dos maiores teóricos da educação (Carl Rogers). Verdadeiramente, sem empatia, nós tendemos a nos endurecer e a nos tornar insensíveis. Poderemos ser tímidos em outros aspectos e circunstâncias de nossas vidas, entretanto no trabalho pedagógico essa timidez desaparecerá dado o nosso próprio preparo para o mister! E, eu diria, a Profa. Tânia fechou o artigo com chave de ouro, pois que em qualquer área do saber ou de nossas existências precisa haver paixão e envolvimento, o que, naturalmente nos fará querer melhorar sempre, ampliar as nossas competências permanentemente para que a cada dia possamos realizar com maior destreza e efetividade o nosso trabalho na educação que tem sua melhor definição na transformação de vidas…

    Comentário por José Nílton Lima Fernandes — sexta-feira, 22 de junho de 2007 @ 10:35:02

  108. Olá! Professora Tânia, tudo bem?
    Gostaria primeiramente de agradecer pelas dicas, não existem dúvidas que eu precisarei muito delas num futuro bem próximo. Certamente é necessário que se tenha um bom conhecimento do conteúdo para que se possa atentar à didática, que me parece tão importante quanto o mesmo. Embora ainda não tenha lecionado, já tenho alguma experiência com a técnica do espelho, assim como a da gravação da voz, dos tempos em que fiz teatro e sei que funcionam muito bem, nesta época também aprendi a lidar com minha timidez e meus medos. Ter a humildade e a grandeza de admitir que não se conhece um determinado tema e pesquisar sobre ele, na minha opinião é uma das maiores qualidades que um professor pode ter. E um dos maiores desafios me parece ser manter a autoridade sem ser demasiadamente autoritário, o que pode prejudicar meu relacionamento com os alunos, pois isto irá causar um distanciamento quando o ideal é a aproximação. Isto de focar as qualidades das pessoas mesmo que sejam poucam em relação ao número de defeitos, assim como se colocar no lugar do próximo, procuro praticar em todos ambientes que freqüento e sei que se trata da tarefa mais difícil, porém proporciona enormes beneficios para todos. Mais uma vez muitíssimo obrigado e vê se aparece, temos saudades.

    Comentário por Pedro Oliveira David Junior - 1APGN — domingo, 24 de junho de 2007 @ 01:07:05

  109. Professora Tânia,
    Gostei muito desse artigo pois mostra boas dicas para professores que ainda não iniciaram sua carreira na Pedagogia e para aqueles que já tem bastante experiência. Todos deveriam aproveitar-las para sua formação pois o professor nunca deve acomodar-se, sempre tem que procurar melhorar refletindo sobre cada dia.
    Parabéns!

    Comentário por Milena Leinmuller — quinta-feira, 28 de junho de 2007 @ 19:58:34

  110. O texto foi muito bem elaborado. As dicas são de extrema importancia a todos os profissionais iniciantes e nao iniciantes. A preparação é fundamental antes de entrar em sala de aula, como tambem o preparo emocional. Além disso, é indispensavel o comprometimento e responsabilidade do professor com seus alunos, percebendo suas necessidades e dificuldades.

    Comentário por Bruna Schwarz Ribeiro — quinta-feira, 28 de junho de 2007 @ 20:11:12

Deixe um comentário

Report abuse Close
Am I a spambot? yes definately
http://taniajuliani.blog.terra.com.br
 
 
 
Thank you Close

Sua denúncia foi enviada.

Em breve estaremos processando seu chamado para tomar as providências necessárias. Esperamos que continue aproveitando o servio e siga participando do Terra Blog.